Notícias

CNB/RS realiza Pinga-Fogo Notarial em Caxias do Sul com grande público

Imagem Notícia

O Colégio Notarial do Brasil – Seção Rio Grande do Sul (CNB/RS), com o apoio da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Caxias do Sul, realizou no último sábado (30.07), o Pinga-Fogo Notarial em Caxias do Sul, no auditório da UCS, com a presença de mais de 100 participantes.


Entre os presentes estavam o juiz no Fórum de Caxias do Sul, Regis Souza Ramalho; o representante do Serviço Registral de Imóveis da 1ª Zona de Caxias do Sul, Eduardo Rocha Martins; a representante da Secretaria da Receita Municipal, Maria da Silva Borges; e o representante do procurador-geral do município, Adivandro Rech.


O presidente do CNB/RS, José Flávio Bueno Fischer, apresentou no início do evento os pilares estratégicos da entidade e as principais ações em desenvolvimento. “Cá estamos com muita alegria em Caxias do Sul para mais um evento. Inauguramos esse tipo de evento em Porto Alegre em junho e foi um sucesso, muito bacana e que o pessoal curtiu bastante. Estamos renovando essa experiência e levamos o próximo encontro a Pelotas”, explicou Fischer.

Entre as ações em andamento no CNB/RS, destacam-se a realização do seminário acadêmico notarial em homenagem a Carlos Luiz Poisl no dia 26 de agosto em Porto Alegre; a agenda com a OAB para união de esforços, a Jornada de Assessoramento Notarial em outubro, o projeto social de notários e registradores gaúchos “Cartório Cidadão Solidário”; e a implantação do Banco de Talentos voltado aos serviços notariais.


Para o professor no curso de graduação, extensão e Pós-Graduação da UCS, Gilson César Borges de Almeida, “é uma satisfação, em nome da Universidade de Caxias do Sul, encontrar aqui muitos dos nossos acadêmicos da graduação de Direito, que hoje já desenvolvem suas atividades nos tabelionatos e registros, e também os profissionais advogados. Estamos de portas abertas para eventos como esse”, apontou Gilson.

Na sequência, a presidente da OAB da Subseção Caxias do Sul, Ana Carla Hendler Gava Furlan, em sua manifestação cumprimentou a todos e disse ser um “prazer enorme estar essa manhã fria, com essa plateia linda e o auditório cheio, não é todo dia que vemos esse auditório lotado”, salientou Ana Carla.

Já o coordenador da Comissão Especial de Cartórios Extrajudiciais da OAB da Subseção de Caxias do Sul, André Ramos Cardoso, proferiu a palestra “Advocacia Extrajudicial: a convergência entre notários e advogados pela resposta jurídica rápida, segura e eficaz”. Entre os temas destacados na palestra, foram abordados a desjudicialização, a participação dos agentes no processo judicial e extrajudicial, as atribuições do advogado, o papel da Comissão Especial de Cartórios Extrajudiciais da OAB da Subseção de Caxias do Sul, as novidades do Sistema Eletrônico dos Registros Públicos (SERP), e a nova realidade dos processos judiciais.


“Nos cerca de 5.470 municípios do Brasil, em todos eles temos a cobertura do serviço extrajudicial. Essa atividade, que é uma atividade social e de exercício da cidadania, cobre o território brasileiro, que é um território de proporções continentais, assim como as igrejas, então quem tem capilaridade no Brasil efetivamente para atender à população, são as igrejas e os cartórios”, enfatizou André.